Projeto terapêutico singular para uma paciente com insuficiência renal aguda decorrente do uso de anabolizantes esteróides

Lia Costa Crescêncio, Danielle Maria Rodrigues de Andrade, Adriana da Silva Rodrigues, Tatiana Rodrigues da Silva Dantas

Resumo


Objetivo: traçar um Plano Terapêutico Singular para uma paciente com Insuficiência Renal Aguda, induzida pelo uso de anabolizantes esteroides; construir um instrumento para intervenção e cuidados de enfermagem; descrever práticas assistências; levantar possíveis diagnósticos de enfermagem; realizar um levantamento bibliográfico sobre a insuficiência renal aguda; Método: trata-se de uma pesquisa de campo, descritiva com abordagem qualitativa na forma de Projeto Terapêutico Singular. A pesquisa descritiva procura descobrir a frequência com que um fenômeno ocorre, sua natureza, características, causas, relações e conexões com outros fenômenos. Resultados: Os diagnósticos de enfermagem do presente estudo foram apresentados de acordo com o período das visitas técnicas em um hospital geral municipal na cidade de João Pessoa – PB e foram dispostos em um quadro para facilitar o entendimento do leitor.Foram identificados dez diagnósticos de enfermagem que nos permitiram a construção das intervenções de enfermagem com base nos resultados esperados. Conclusões: as experiências vividas por nossa equipe durante as práticas aplicadas foram satisfatórias por nos terem proporcionado uma aproximação com a realidade, levando-nos ao interesse pela fundamentação científica e construção de um cuidado baseado em evidências científicas e, certamente, qualificado e seguro.


Palavras-chave


Projeto Terapêutico Singular. Insuficiência Renal. Anabolizantes.

Texto completo: PDF

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .

ISSN 1984-4271

Ciência & Desenvolvimento está indexada nas seguintes Bases:

LATINDEX (Sistema Regional de Información en línea para revistas científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal).

DOAJ (Diretory of Open Access Journals).

RCAAP (Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal).

SUMÁRIOS.ORG (Sumários de Revistas Brasileiras).

DRJI (Directory Of Research Journal Indexing)